logo

PROJETO DA SEMANA: LIVING MEDITERRÂNEO

Oi gente! Tudo bem com vocês?  Nesta semana, nós vamos falar de um ambiente específico dentro de um projeto recente que divulgamos. Este living, com tons de azul, branco, uma mesa de centro cheia de personalidade, e um detalhe que chamou muito a atenção: o uso de uma cadeira que faz a função de uma mesa lateral. Veja agora que é possível transformar a sala da sua casa, seguindo uma proposta similar à esta com alguns pequenos toques que já fazem toda a diferença:

salaprapost copy1) Tapete e almofadas: na minha opinião, o tapete é responsável por 25% do sucesso do décor de uma sala. É essencial escolher aquele que mais se ajuste às suas necessidades em questão de tipo de material e acabamento. No caso deste living, observe que o tapete não tem exatamente a mesma estampa das almofadas, mas outra que conversa com os tons presentes nelas: um gradiente de azuis e tons neutros (cinzas, beges, marrons e até o p&b clássico) com padrão geométrico, e referência de azulejos portugueses, uma tendência que está aparecendo em revestimentos, tecidos, estofados e até em roupas! Para as minhas sugestões (abaixo) para a shopping bag, sugiro um tapete com a informação de azulejos e um mix de almofadas em que o azul aparece em tons e formas diferentes.

 

                                 Tapete Aubusson João Maria. Disponível na By Kamy.

Da esq. para dir., em sentido horário: Almofada Grecia, Gandu Azul e Gandini Azul. Disponíveis na Oppa.

2) Mesa de centro: pode ser estofada, não precisa ser necessariamente única (uma composição de “mesinhas” também fica um charme, e pode criar composições e atender à diferentes situações) , com tampo de vidro ou espelhado, ou mesmo um baú sendo usado como mesa (como mostrarei futuramente aqui no blog!). Neste caso, optamos pelo clássico: uma mesa de centro em mármore carrara e base com detalhe em alumínio, pintado de dourado. Uma peça que mescla o vintage ao contemporâneo – um up  de personalidade na sala! Para adicionar ao seu carrinho, minha sugestão é uma peça um pouco mais moderna, mas com a mesma referência: ela tem um tampo bem fino de mármore, e base em madeira.

 

 

 

 

 

                                                                     Mesa de centro Dolomita. Disponível na Saccaro.

3) Cadeira usada como mesa lateral: é um recurso ousado, mas é incrível para criar dinamismo na sua decoração: se não há lugar para os convidados no banco abaixo da janela, é só tirar os livros e objetos que estiver na cadeira provisioriamente e puxá-la para perto, acomodando a visita extra! No caso do projeto da foto, usamos uma cadeira Tolix metalizada em cobre escuro. Para a sugestão da lista de compras, que tal uma cadeira inspirada na clássica Eames DSR, só que com base dourada?

29f91a7c0bbe69684c7b6791829c27b3

 

 

 Cadeira TOWER inspirada no modelo popularizado pelo casal Eames. Disponível na Super Studio.

4) Window Bay e Painel estofado: A janela da sala do projeto que estamos esmiuçando, foi projetada para fora da construção, e por isso é chamada de “window bay” ou “janela saliente”, que está associada à arquitetura vitoriana, dando a impressão de amplitude do espaço e uma entrada de luz natural suave, muito acolhedora para casas de campo. Se você mora em apartamento ou se na sua casa não tiver como construir uma janela semelhante, você pode mandar projetar uma reentrância na parede da sua sala e colocar um banco, futons ou almofadas, ou mesmo estofá-la completamente, para criar um canto aconchegante similar ao das window bays (só que sem a luz gostosa entrando pela janela!), como no exemplo deste projeto (acima).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                  Detalhe da suíte real do hotel Intercontinental London Park Lane, projeto: HBA London.

Espero que tenham gostado destas sugestões! Qual projeto você adoraria ver aqui no blog? Escreva nos comentários!

Um abraço e até a próxima 😉 CK

  • Share

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *